Costumes Bíblicos: Significado dos detalhes do Santuário

Israel Institute of Biblical Studies

Significado dos detalhes do Santuário

O que cada detalhe desse Santuário
significava?
Primeiramente, o Santuário tinha três portas.
1ª Porta: da rua para o Pátio.
2ª Porta: do Pátio para o Lugar Santo.
3ª Porta: do Lugar Santo para o Lugar Santíssimo.
Costumavam chamar essas portas pelos seguintes nomes:
a) da rua para o Pátio: O Caminho
b) do Pátio para o Lugar Santo: Verdade
c) do Lugar Santo para o Lugar Santíssimo: Vida
Então, era comum falar: Caminho, Verdade e Vida.
Quando Jesus Cristo estava aqui na terra, Ele usou essas palavras referindo-se a Ele mesmo. (Jo 14.6). Veja, Jesus disse: Eu sou o Caminho a Verdade e a Vida. Ou seja, Eu sou a porta. (Jo 10.7-9). Confirmando aí que as três portas do Santuário se aplicavam a Jesus.
Nas ilustrações ainda, veja:
No Pátio
  1. O Altar de Sacrifício (Lv 1.9), era símbolo de Cristo, do sacrifício de Cristo (Ef 5.2).
  2. Pia ou Bacia (Êx 30.18), era símbolo do Espírito Santo (Jo 7.37-39), era símbolo da Bíblia - a Palavra de Deus (Ef 5.26) e era símbolo do Batismo (Jo 3.5).

No Lugar Santo
  1. A messa com 12 pães, simbolizando as 12 tribos de Israel. (Êx 25.30). E o pão sem fermento, simbolizava Jesus - o Pão da Vida (Jo 6.48), lembrando que não tinha fermento porque o fermento era símbolo do pecado. E como Jesus nunca pecou, o pão tinha que ser sem fermento.
  2. Castiçal (Menorah) com 7 lâmpadas (Êx 40.24), simbolizava as 7 igrejas do Apocalipse (Ap 1.20).
  3. Luz do Santuário que ficava acesa de dia e de noite, representava Jesus - A Luz do mundo (Jo 8.12).
  4. Altar de Incenso (Êx 40.26), representava a oração dos santos, o culto a Deus (Ap 5.3).

A HISTÓRIA DA ARCA DA ALIANÇA

Lugar Santíssimo
  1. Arca da Aliança (Êx 26.33) sobre o Propiciatório, era visível a Presença de Deus
Qual o significado dos objetos da Arca da Aliança?
  1. O Maná
  2. A Vara de Arão
  3. As Tábuas da Lei

O Maná: representava o cuidado de Deus, que Deus proverá. Deus cuida de nós e provê o necessário pra você e eu vivermos.
A Vara de Arão: significava que Deus está no controle. É Deus quem dirige a Sua Igreja, o Seu povo e a nossa vida. É Deus que está no controle de tudo, até da sua vida.
As Tábuas da Lei: representava o amor e a justiça de Deus ou o Juízo Final.
Você percebeu?
O cordeirinho simbolizava Jesus
O sacerdote simbolizava Jesus
As três portas simbolizavam Jesus
O sacrifício era o sacrifício de Jesus.
Por isso veja o que aconteceu quando Jesus morreu na cruz, já que tudo representava Jesus, já que tudo era símbolo de Jesus.
O que aconteceu quando Jesus morreu na cruz?
Primeiro vamos a Isaías 53 pra você ter a certeza de que tudo que tinha no Santuário, simbolizava Nosso Senhor Jesus Cristo.
Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos.
Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.
Isaías 53:3-7
João Batista o reconheceu como o Cordeiro de Deus. (Jo 1.36).
Todo o ritual do Santuário apontava pra Jesus.
Assim como o pecador confessava os seus pecados e transferia sua culpa para o cordeiro e o cordeirinho morria, assim também Jesus levou sobre Si as nossas culpas, nossos pecados, todos os pecados Jesus levou sobre Si, e infelizmente, Jesus teve que morrer. Mas felizmente que Ele morreu, porque se Ele não morresse, nós não seríamos salvos. E levou sobre Si os nossos pecados, como o cordeirinho no Antigo Testamento também simbolizava isto.
Vamos finalizar este estudo analisando o texto:
Antes do calvário somente o sumo sacerdote
 podia entrar no Santo dos Santos do templo
 (que representava a presença de Deus)
 e foi separado dos povos por uma cortina muito grossa.
 A primeira coisa que aconteceu imediatamente
 após Jesus entregar o espírito, era que
 essa mesma cortina foi rasgada em dois,
 de alto a baixo declarando que todas as pessoas
 devem ter acesso constante ao Pai
 e na Sala do Trono por meio de Jesus Cristo.


E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito.
E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;
Mateus 27:50,51
Ou seja, quando Jesus morreu na cruz, todo aquele ritual do Santuário acabou. Todo aquele sistema de sacrifício de cordeiros do passado, perderam o valor quando Cristo morreu na cruz.
Hoje, Jesus está ressuscitado, no Céu a direita de Deus, no Lugar Santíssimo do Santuário intercedendo por nós.
O que Deus espera de mim e de você?
Vejamos:
Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
Apocalipse 3:20
Lembra?
No Santuário tinha 3 portas. Jesus é a porta, Ele abriu a porta da salvação pra você quando morreu na cruz. Hoje só falta você abrir a porta do seu coração.
Como está o seu coração?
Está fechado ou aberto?


DESTAQUE NO SITE

SOBRE O FALSO PROFETA

O que sabemos sobre o falso profeta? (Ap 13.11) A Sua identidade. Quem é a segunda besta de Apocalipse 12, que também é chamada em ...

MAIS ACESSADOS