Costumes Bíblicos: A Afeição dos Pais

Aprenda Hebraico Online

A Afeição dos Pais

ÁREA IV
A AFEIÇÃO DOS PAIS
Você faz ideia de quão atraente você é para Deus? Um dos maiores obstáculos ao nosso caminhar com Ele é a sensação de que a nossa carne lhe é repugnante por causa do pecado. Quando meus filhinhos estão todos sujos do barro do quintal, dou-lhes um banho com a mangueira do jardim. Rejeito o barro, mas não os meninos. É verdade que você pecou. É verdade que feriu o coração de Deus. Mas continua sendo o centro das afeições de Deus - a menina de Seus olhos. É Ele quem nos busca com o Seu coração perdoador. Costumamos dizer: "Achei o Senhor", mas, na verdade, Ele é quem nos achou.
Muitas crianças, principalmente os meninos, não recebem qualquer manifestação física de afeição por parte de seus pais, e nem mesmo um pouco de compaixão, quando se machucam. Um falso conceito de masculinidade nos leva a dizer: "Não chore, meu filho, os meninos não choram." Jesus não é assim. Sua compaixão e compreensão são imensuráveis. Ele sente as nossas dores mais intensamente do que nós mesmos, porque a Sua sensibilidade ao sofrimento é muito maior.
Certa vez tive que segurar o meu filho de dois anos enquanto um médico dava pontos em um grande corte na testa. Ele chorou bastante, mas logo esqueceu sua dolorosa experiência e adormeceu em meus braços. Mas para mim a experiência foi puro tormento e sofri durante horas. Você já se esqueceu da maioria de suas dores, mas Deus não. Ele se lembra perfeitamente de cada momento de sua vida. Suas lágrimas ainda estão misturadas às dEle neste exato momento.
Deus estava presente quando você foi alvo de cruel zombaria no pátio da escola e quando caminhou sozinho, evitando os olhares dos outros. Naquelas aulas difíceis de matemática, quando você se sentia tão confuso e desanimado, ele estava com você. Quando aos 4 anos de idade, você se perdeu na parada do Sete de Setembro e perambulou apavorado por entre a imensa multidão, foi Deus quem moveu o coração daquela senhora que o ajudou a achar a sua mãe. "Atraí-lo com cordas humanas, com laços de amor." (Os 11.4.)
Algumas vezes nós não entendemos o quanto Deus é um "pai coruja". É comum os pais exibirem para os amigos dentinhos de leite, uma mecha de cabelos, um álbum de retratos, ou troféus escolares na parede -- mas como comparar isso à infinita capacidade divina de se regozijar com cada sucesso nosso? Na realidade, foi Deus quem ouviu você pronunciar a sua primeira palavra de verdade. As horas que você passou explorando novas superfícies, com mãos de criança, eram um deleite para seu Pai celestial; entre seus maiores tesouros estão as lembranças do seu riso infantil. Nunca houve uma criança como você e nem haverá jamais.
Moisés, certa vez, invocou uma bênção sobre cada tribo de Israel, e para uma delas foi: "... Todo o dia o Senhor o protegerá, e Ele descansará nos seus braços." (Dt 33.12.) Que bênção fantástica! Mas é lá que você descansa também. Não importa quem você se torne aos olhos dos homens, ainda que seja alguém de grande autoridade, fama ou título, não passará de um simples bebê nos braços de Deus.


DESTAQUE NO SITE

Como o Novo Testamento chegou até nós

Foto:O mais antigo saltério cóptico completo. A história de como o Novo Testamento foi escrito, copiado e traduzido é um tópico importa...

MAIS ACESSADOS