Costumes Bíblicos: Salmos e Provérbios

CANAL DO SITE

Salmos e Provérbios

Os cento e cinquenta Salmos do Velho Testamento constituem uma rica fonte de instruções e informações práticas para o crente. Alguns deles são bem pequenos (quatro a seis versículos) e podem ser estudados em poucos minutos; outros são bem longos (até 176 versos) e podem ser divididos em vários grupetos. Grande parte dos salmos foi escrita pelo Rei Davi, que, apesar dos terríveis pecados que cometeu em certa época de sua vida, foi um homem realmente consagrado a Deus, que possuía revelações singulares. O livro de Salmos é um dos mais apreciados da Bíblia.



Este Livro é o Livro de Tehilim ["louvores"]do povo de Israel. Muitos dos Salmos foram escritos sob a forma de paralelismo hebraico, isto é, cantava-se a mesma sentença duas vezes, mas de modo ligeiramente diferente. A segunda frase ou verso, às vezes, era apenas uma repetição da primeira; outras vezes, era uma ampliação. O Salmo 102, versos 1 e 2, é uma boa ilustração disso.
Primeira frase; Ouve, Senhor, a minha súplica" (v.1).
Segunda frase: "e cheguem a ti os meus clamores ".
Basicamente, as duas frases dizem a mesma coisa.
Primeira frase: "Não me ocultes teu rosto no dia de minha angústia" (v.2).
Segunda frase: "Inclina-me os teus ouvidos; no dia em que eu clamar, dá-te pressa em acudir-me."
Notemos que na segunda frase ele faz dois acréscimos á sua petição - queria que Deus inclinasse seus ouvidos para ele, o fizesse rapidamente. Quem pode dizer que nunca se sentiu assim?
A palavra "bem-aventurado" aparece inúmeras vezes nos salmos. Basicamente, ela significa "feliz". Por exemplo: "Bem-aventurado é o homem que..." significa realmente: "Feliz é o homem que..." Como veremos, os salmos contêm muitos princípios com relação à felicidade do crente. Costumo prescrever a leitura dos Salmos para quem está desanimado e sem alegria.
(*)O Tehilim, livro de suprema beleza, faz parte dos Ketuvim (Escrituras), a terceira parte da Bíblia, o Tanach. Em hebraico, Tehilim significa "louvores", a abundante gratidão ao Senhor do Mundo. Já T'hilim quer dizer "montes". A mesma raiz dos termos não é mera casualidade: juntos, eles formam "montes de elogios ao Criador".
O Livro dos Salmos é dividido em cindo partes, assim como o Pentateuco. Da mesma maneira, muita semelhança há entre Moisés e David. Enquanto o primeiro é o maior dos profetas, o último é o maior dos reis. Ambos faleceram no Shabat à tarde. A Lei de Moisés transmite a palavra de D'us; os Salmos, o temor aos Céus. Através das amostras de Providência e Onisciência Divina, castigo e recompensa, eternidade da alma, virtudes de caráter e inúmeras profecias sobre o futuro do povo de Israel, o Tehilim se torna um verdadeiro monumento à teshuvá (retorno a D'us).
De acordo com a tradição, o Tehilim teve a participação de outros dez coautores: Adão, Malkitsedec, Abraão, Moisés, Heiman, Yedutun, Assaf e os três filhos de Corah. Mesmo assim, em geral, o livro é atribuído a David e foi ele quem recebeu o título de "Neim Zemirot Yisrael", o "Agradável cantor de Israel".
"Quem deseja que sua alma se apegue a D'us, Bendito seja, deve apegar-se ao livro do Tehilim, já que este contêm cânticos, louvores ao Criador, pedidos de perdão e expiação, tudo conforme a orientação do Altíssimo a David. Feliz daquele que lê os Salmos com alegria, canto e devoção sincera". [Rabi Yeshaia Halevi Horovitz - o Shalá]
Os sábios dizem que o rei David orou muito a fim de que os Salmos fossem recitados nas sinagogas e casas de estudo. Pois bem: quem fala combina o mérito do estudo e da reza. David conseguiu, em fervorosas preces, assegurar a recompensa do Estudo dos mais profundos tratados do Talmude àquele que lê os Salmos.
Ninguém nega: David é o salmista por excelência do povo judeu. Sua fé, integridade, retidão, contrição e esperança inquebrantável na salvação Divina inspiram a todas as gerações exiladas. Uma nação que, a exemplo de seu líder, nunca se rende ou desespera.
Sobre os Salmos, às vezes mencionam algum instrumento musical, por exemplo, o guitit (melodia/lira - ou para cantar a maneira do povo de Gat). Isto significa que o Salmo em questão requeria este acompanhamento específico no Templo. Outros Salmos eram cantados com diversos instrumentos. Também determinados capítulos eram cantados em dias, festas ou eventos especiais.(*Esta parte do texto, faz parte de um artigo compilado do Livro "Salmos" de Y.David Weitman)
Quase todos os Salmos contêm material para ricos estudos bíblicos, mas o que citamos a seguir foram de grande inspiração para este escritor. Para estudá-los, faça uso do questionário a seguir, logo após a tabela abaixo, pois será de grande ajuda no estudo dos Salmos.
Salmo 1 Salmo introdutório (Muitas tristezas poderão ser evitadas pela memorização dos versos 1-3 e a observância de seus princípios.
Salmo 8 A glória de Deus e do Messias
Salmo 23 O Salmo do Bom Pastor
Salmo 24 Uma profecia a respeito de Cristo
Salmo 27 Um incentivo à fé
Salmo 34 O Senhor cuida dos seus
Salmo 37 A vida de descanso pela fé
Salmo 51 Um pedido de perdão
Salmo 59 Um pedido de socorro
Salmo 66 Ações de graças a Deus pelas suas bençãos
Salmo 78 O relacionamento de Deus com Israel, como exemplo para nós.
Salmo 91 O melhor modo de se viver
Salmo 103 Canto de louvor
Salmo 119 A descrição das Escrituras feita por Deus (É o Salmos que mais amo)
Salmo 127 As bençãos da família

Questionário do estudo dos Salmos

(Dica: Para cada Salmo escolhido, faça o mesmo questionário. Conforme tabela acima, será 15, 1 para cada salmo. Bom estudo. Aproveite, muito edificante. Amém.)
Texto................................................. Data.....................................
1. A quem este Salmo é dirigido?
2. Faça uma relação das bençãos nele mencionadas e das condições para recebê-las.
3. Que promessas encontramos nele?
4. Há nele alguma ordenança? Qual?
5. Existe neste Salmo alguma palavra ou frase que nos faz pensar em Cristo?
6. Em essência, o que diz o Salmo?
7. Dos pensamentos centrais, qual o que mais se aplica a você?
8. Que ensinamento este Salmo contém que pode torná-lo mais feliz ou bem-aventurado? 
Proverbios
Nestes anos todos, um dos estudos de que mais gosto é o do livro de Provérbios. É o melhor livro de princípios para a vida, e seus ensinamentos são tão importantes para nós hoje, como foram nos dias em que Deus os entregou a Salomão. Assim como os salmos, todos os provérbios são dignos de ser estudados, mas os capítulos que relacionamos abaixo nos prometem bênçãos especiais.
O questionário que apresentamos logo após a tabela, será valioso para orientar o estudo do livro de Provérbios.

Provérbios 1 A importância da Sabedoria
Provérbios 2 A sabedoria nos livra do mal
Provérbios 3 Princípios para viver feliz
Provérbios 4 Conselhos de um pai a seu filho
Provérbios 6 Conselhos paternos
Provérbios 7 O alto preço da imoralidade
Provérbios 11 Um viver íntegro
Provérbios 20 Uma vida de retidão é uma benção
Provérbios 22 Como orientar nossos negócios
Provérbios 24 Um incentivo para a justiça
Provérbios 31 A mulher virtuosa
Questionário do estudo de Provérbios

(Dica: Para cada Provérbio escolhido, faça o mesmo questionário. Conforme tabela acima, será 11, 1 para cada Provérbio. Bom estudo. Aproveite, muito edificante. Amém.)
Provérbios ..................................................Data.......................................
(Os Provérbios foram escritos com a finalidade de tornar-nos sábios perante Deus e os homens.)
1. O que é apresentado aqui como sendo sabedoria ou atitude sábia?
2. Que atitudes negativas são condenadas?
3. Que atos positivos são elogiados?
4. Transcrever aqui os princípios eternos............................................
5. Conhece outras passagens que apresentam o mesmo pensamento básico?
6. Você tem incorrido em algum dos erros condenados neste texto?
7. Há algum princípio ensinado neste texto que você sente que precisa incorporar à sua vida diária?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Fica na paz!
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
Filipenses 1:9-11

DESTAQUE NO SITE

JESUS sendo mal compreendido

JESUS É MAL COMPREENDIDO! Jesus é mal compreendido pelos teólogos liberais. [ Percebam as aberrações que se seguem!!! ] Rudolf Bult...