Costumes Bíblicos: JESUS e as cidades

JESUS e as cidades


A cidade de Tiberíades, às margens do lago da Galiléia, possivelmente era considerada "impura" pelos judeus na época de Jesus, já que se acreditava que foi construída sobre um cemitério.
Jesus e as cidades
A baixa Galiléia, onde Jesus passou a maior parte do seu ministério, era uma região relativamente bem povoada. Segundo evidências arqueológicas, havia várias cidades grandes naquela área: Ptolemaida, Tiberíades, Citópolis e Séforis - mas somente Tiberíades é mencionada de passagem em um dos Evangelhos (Jo 6.23).
Cidades importantes na Galiléia
Séforis tem importância especial porque ficava bem perto de Nazaré, onde Jesus se criou, a uma distância que, a pé, podia ser percorrida em mais ou menos uma hora. Era uma cidade cosmopolita, com cerca de 30.000 habitantes. Tinha dois mercados, uma bonita rua central ladeada por colunas, um arquivo central, um banco real com capacidade para cunhar as suas próprias moedas, e um sofisticado sistema de abastecimento de água que trazia água limpa através de um aqueduto e levava embora a água suja por canais de escoamento.
No período da infância e juventude de Jesus, a cidade de Tiberíades (na foto), que tinha mais ou menos o mesmo tamanho de Séforis, estava sendo construída para ser a nova capital da região.
É quase certo que Jesus conhecia essas cidades, embora não sejam mencionadas.
Jesus deve ter passado muitas vezes por Tiberíades em suas viagens de Cafarnaum ao sul da Galiléia ou para a Judéia. Para não entrar nela, teria de sair da estrada principal e subir uma grande ladeira.
O fato de não haver menção dessas cidades nos Evangelhos parece indicar que Jesus de forma deliberada deixou de pregar nelas. Talvez pela mesma razão que o levou a evitar Jerusalém no começo de seu ministério: para não etr tanta exposição pública e evitar problemas com as autoridades antes do tempo. Enquanto percorria as aldeias, ele não chamava tanta a atenção dos líderes, embora estes devam, com certeza, ter recebido relatos a respeito dele.
Imagens da vida urbana
O ensino de Jesus mostra que ele estava familiarizado com a vida urbana e com o que significava morar na cidade. Embora, em seu ensino, tenha extraído muitas imagens ou figuras da vida no campo, ele também usou ilustrações mais adequadas ao contexto urbano.
Ele falou sobre a administração de uma grande propriedade (Lc 16.1-8), as ações de um proprietário de terras que se ausentou do país (Mc 12.1-2), investimento em bancos (Mt 25.27; Lc 19.23), tribunais e prisão (Mt 5.25-26; Lc 12.57-59).
Ele conheceu pessoas que sem dúvida viviam em cidades, como os coletores de impostos mais ricos, e um centurião (Mt 8.5).
Jesus visitou algumas das cidades maiores que tinham praças ou mercados (Mc 6.56) e, embora não tenhamos registro de que ele visitou pessoalmente essas cidades, ele enviou seus discípulos para evangelizá-las (Mt 10.11,14; Lc 10.1,10).

DESTAQUE NO SITE

JESUS e a Lei

Jesus rejeitou a  Lei? Não. Veja: Mt 5.17; Jo 14.10; 14.21; Rm 7.12; Gn 26.5; Ex 31.18  Alguns cristãos acreditam equivocadament...

MAIS ACESSADOS