Costumes Bíblicos: As Bênçãos Proféticas de Jacó para seus filhos

Israel Institute of Biblical Studies

CANAL DO SITE

As Bênçãos Proféticas de Jacó para seus filhos

AS BÊNÇÃOS PROFÉTICAS DE JACÓ PARA SEUS FILHOS
Mais uma vez um ciclo se completa: desde a bênção que Jacó recebe de seu pai cego até o momento em que ele próprio abençoa os filhos de José (acontecimento descrito em Hb 11.21 como ato de fé). sem maior dificuldade, as mãos de Jacó se cruzaram para expressar que a bênção de Deus recaía sobre o filho novo, em acentuado contraste com a história de Jacó e Esaú no cap. 27. Efraim e Manassés foram considerados filhos do próprio Jacó, fazendo com que José desfrutasse de uma herança dupla.
A bênção proferida por Jacó se dirige a um futuro distante, quando os descendentes destes doze ocupariam a Terra Prometida. Para os territórios, veja Josué caps. 13 ao 22 e mapa.
O ultraje registrado em Gn 35.22 custou a Rúben seu direito de filho mais velho. (Gn 49.4).
Fica claro que Jacó pronuncia juízo a conduta de Simeão e Levi em Siquém (Gn 13.31). As duas tribos seriam espalhadas (mas a de Levi como sacerdotes da nação Gn 49.5-7).
De Judá veio a linhagem real de Israel e também o Messias. (Gn 49.10)
Embora próximo o suficiente do mar, com a possibilidade de explorar o comércio marítimo, o território de Zebulom não chegava, de fato, até o litoral. (Gn 49.13)
No cap. 49.19 de Gênesis, Jacó prevê ataques a tribo de Gade. Tais ataques são registrados na Pedra Moabita do nono século a.C.

TEXTO BÍBLICO SOBRE A BÊNÇÃO DE JACÓ PARA OS SEUS FILHOS ⇓

Depois chamou Jacó a seus filhos, e disse: Ajuntai-vos, e anunciar-vos-ei o que vos há de acontecer nos dias vindouros;
Ajuntai-vos, e ouvi, filhos de Jacó; e ouvi a Israel vosso pai.
Rúben, tu és meu primogênito, minha força e o princípio de meu vigor, o mais excelente em alteza e o mais excelente em poder.
Impetuoso como a água, não serás o mais excelente, porquanto subiste ao leito de teu pai. Então o contaminaste; subiu à minha cama.
Simeão e Levi são irmãos; as suas espadas são instrumentos de violência.
No seu secreto conselho não entre minha alma, com a sua congregação minha glória não se ajunte; porque no seu furor mataram homens, e na sua teima arrebataram bois.
Maldito seja o seu furor, pois era forte, e a sua ira, pois era dura; eu os dividirei em Jacó, e os espalharei em Israel.
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão.
Judá é um leãozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um leão, e como um leão velho; quem o despertará?
O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos.
Ele amarrará o seu jumentinho à vide, e o filho da sua jumenta à cepa mais excelente; ele lavará a sua roupa no vinho, e a sua capa em sangue de uvas.
Os olhos serão vermelhos de vinho, e os dentes brancos de leite.
Zebulom habitará no porto dos mares, e será como porto dos navios, e o seu termo será para Sidom.
Issacar é jumento de fortes ossos, deitado entre dois fardos.
E viu ele que o descanso era bom, e que a terra era deliciosa e abaixou seu ombro para acarretar, e serviu debaixo de tributo.
julgará o seu povo, como uma das tribos de Israel.
Dã será serpente junto ao caminho, uma víbora junto à vereda, que morde os calcanhares do cavalo, e faz cair o seu cavaleiro por detrás.
A tua salvação espero, ó Senhor!
Quanto a Gade, uma tropa o acometerá; mas ele a acometerá por fim.
De Aser, o seu pão será gordo, e ele dará delícias reais.
Naftali é uma gazela solta; ele dá palavras formosas.
José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto à fonte; seus ramos correm sobre o muro.
Os flecheiros lhe deram amargura, e o flecharam e odiaram.
O seu arco, porém, susteve-se no forte, e os braços de suas mãos foram fortalecidos pelas mãos do Valente de Jacó (de onde é o pastor e a pedra de Israel).
Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoará com bênçãos dos altos céus, com bênçãos do abismo que está embaixo, com bênçãos dos seios e da madre.
As bênçãos de teu pai excederão as bênçãos de meus pais, até à extremidade dos outeiros eternos; elas estarão sobre a cabeça de José, e sobre o alto da cabeça do que foi separado de seus irmãos.
Benjamim é lobo que despedaça; pela manhã comerá a presa, e à tarde repartirá o despojo.
Todas estas são as doze tribos de Israel; e isto é o que lhes falou seu pai quando os abençoou; a cada um deles abençoou segundo a sua bênção.
Depois ordenou-lhes, e disse-lhes: Eu me congrego ao meu povo; sepultai-me com meus pais, na cova que está no campo de Efrom, o heteu,
Na cova que está no campo de Macpela, que está em frente de Manre, na terra de Canaã, a qual Abraão comprou com aquele campo de Efrom, o heteu, por herança de sepultura.
Ali sepultaram a Abraão e a Sara sua mulher; ali sepultaram a Isaque e a Rebeca sua mulher; e ali eu sepultei a Lia.
O campo e a cova que está nele, foram comprados aos filhos de Hete.
Acabando, pois, Jacó de dar instruções a seus filhos, encolheu os pés na cama, e expirou, e foi congregado ao seu povo. (Gênesis 49:1-33)

O LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ(Interpretação do Hebraico Bíblico-Categoria:Evangelhos Judeus-Texto Por Dr. Eli Lizorkin-Eyzenberg/IsraelBible Weekly)

Jesus, enquanto procurava os israelitas samaritanos, não escondeu sua perspectiva judia: “Vocês samaritanos adoram o que não sabem; nós (judeus) adoramos o que sabemos… ”. A mulher samaritana, apesar da oposição de sua própria comunidade às reivindicações da família de Davi ao trono de Israel, afirmou silenciosamente o raciocínio do jovem profeta - “A salvação é dos judeus”, o que em sua mente sem dúvida significava: “A salvação é de a tribo de Judá ”(João 4:22).
É provável que Jesus tivesse um texto em mente quando estivesse falando com a mulher samaritana que nos ajudaria a entender o acordo deles sobre a fonte de salvação "dos judeus". Ao abençoar seus filhos antes de morrer, Jacó reflete sobre as ações de Judá que agora estavam maduras e se arrependeram de suas ações passadas. Apesar de não ser seu primogênito, Jacó abençoa Judá com estas palavras: “O cetro não se apartará de Judá, nem o bastão do governante entre seus pés, até que aquele a quem pertence venha e a ele - a obediência dos nações. ”(Gênesis 49: 8-10). O livro do Apocalipse iguala explicitamente Cristo Jesus ao leão da tribo de Judá mencionado nas bênçãos de Jacó. (Gn 49: 8-10; Rev. 5: 5-6).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Fica na paz!
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
Filipenses 1:9-11

DESTAQUE NO SITE

A Crucificação no Tempo de Jesus

CRUCIFICAÇÃO NO TEMPO DE JESUS Depois da condenação, Jesus recebeu outra vez a sua veste. Isso fazia parte de uma execução em que o con...