Costumes Bíblicos: Rute

Aprenda Hebraico Online

Rute


Um retrato de Rute 
Rute, a heroína de uma história amada por milhares de pessoas, era moabita de nascença. Moabe, é bom lembrar, nasceu de um relacionamento incestuoso que Ló teve com a filha dele. Em razão disso, aos olhos dos hebreus, Rute era de uma linhagem que trazia a marca da vergonha. A história de Rute tinha tudo para ser uma história triste. Porém, como Rute se responsabilizou por sua vida, a história acabou tendo um dos finais mais felizes em todo o AT.
Rute casou com Malom, um hebreu que, durante um período de fome em Judá, mudou-se para a terra de Moabe, juntamente com o seu pai Elimeleque, sua mãe Noemi, e seu irmão Quiliom. Aconteceu que os três homens morreram, deixando três viúvas. Noemi agora não tinha como sobreviver em Moabe e decidiu voltar para Belém, a sua terra natal. Rute e Orfa, as noras, amavam Noemi profundamente e decidiram ir com ela.
Quando já estavam a caminho, Noemi insistiu com as duas para que voltassem para casa, em Moabe, onde poderiam encontrar um novo marido e uma nova vida. Por fim, Orfa concordou. Deu um beijo na sogra e voltou, chorando. Rute, porém, não arredou pé e jurou ficar ao lado de Noemi para sempre. Em se tratando do compromisso que uma pessoa assume em relação a outra, as belas palavras que Rute disse a Noemi não têm paralelo na literatura judaica e cristã. Rute prometeu morar onde Noemi fosse morar. Queria adorar o Deus dela, e pediu para ser enterrada ao lado da sogra.
A emoção contida nestas palavras revela que Rute entendia o risco que estava correndo. Ela seria uma estrangeira em Judá. Por não terem marido, ela e Noemi não teriam segurança nem status social. Ela teria que se adaptar a novos costumes. E certamente teria saudades de casa. Não havia nada que forçasse Rute a enfrentar essas dificuldades, a não ser o relacionamento com Noemi, que ela tanto prezava. Ela amava profundamente e sabia que poderia ser leal ao que lhe era mais importante na vida.
Em Belém, Rute tornou-se respigadeira. Para conseguir comida para si e Noemi, catava as espigas deixadas nos campos pelos ceifadores. Sendo uma mulher estrangeira e sozinha, precisava ter cuidado, ficar perto de outras mulheres e jamais olhar para os jovens que trabalhavam por perto.
Noemi tinha amigos em Belém, e falou-lhes sobre sua nora formidável. Esses elogios chegaram a Boaz, um parente. Ele decidiu proteger Rute e mandou que seus empregados deixassem cair espigas para ela. Ao ouvir isto, Noemi formulou um plano. Então Rute, com humildade e coragem, seguiu o plano de Noemi, culturalmente correto, embora arriscado, e ofereceu-se para ser esposa de Boaz. O plano deu certo, porque o nobre Boaz fez o que era certo como parente mais próximo do esposo de uma viúva.
Toda a comunidade aprovou aquele casamento e os abençoou, evocando os nomes das matriarcas Raquel e Lia e conectando, assim, Rute  com o povo de Israel. Quando o casal teve um filho, as amigas de Noemi ficaram felizes com ela. Elogiaram Rute, dizendo que, para Noemi, ela era melhor do que sete filhos. Essas mulheres deram nome ao menino, chamando-o de Obede. Este viria a ser o pai de Jessé e avô de Davi. Portanto, Rute, uma moabita, entrou na árvore genealógica de Jesus, o Messias.
Este é um verdadeiro final feliz para uma história que teve um começo tão triste. O próprio Boaz ajudou a cumprir aquilo que ele, em oração, havia pedido para Rute em 2.12. Os votos de felicidade das autoridades (4.12) se tornaram realidade. Deus recompensou Rute com um marido e um filho. E Noemi encontrou consolo para sua tristeza naquele neto. 
Obede, filho de Boaz e Rute, veio a ser o avô do fundador da linhagem real de Israel (Davi), da qual viria o Cristo , como ser humano, noutro nascimento ocorrido em Belém.

CEVADA
PLANTAÇÃO DE CEVADA











  
         
Rute e Noemi chegaram a Belém na época da colheita da cevada, quando Rute podia recolher espigas nos campos. Ela se aproximou de Boaz enquanto ele dormia na eira, ao lado do monte de cavada.

DESTAQUE NO SITE

INTRODUÇÃO AO INFERNO

Por que o inferno existe? A justiça de Deus exige um inferno . Além de afirmações diretas, as Escrituras oferecem motivos para a existê...

MAIS ACESSADOS