Costumes Bíblicos: As escolhas surpreendentes de Deus

CANAL DO SITE

As escolhas surpreendentes de Deus

Para manifestar a Sua glória, o Senhor agradou-se em escolher:

As coisas loucas deste mundo

a) Um cordeiro ensanguentado, Êx 12
b) Uma rocha golpeada, Êx 17
c) Uma serpente de bronze, Nm 21

As coisas fracas deste mundo

a) Uma vara para derrotar os egípcios, Êx 4
b) Um osso para derrotar os filisteus, Jz 15
c) Uma atiradeira para derrotar um poderoso gigante, 1Sm 17
As coisas desprezadas deste mundo
a) Um filho de uma prostituta que se tornou um juiz poderoso, Jz 11
b) Uma jovem pagã, que se tornou a bisavó de Davi, Rt 4
c) Uma mulher imoral que se tornou uma grande ganhadora de almas, Jo 4

Grandes escolhas de Deus 

  • Deus escolheu a casa de Judá: 1 Cr 28.4. 
  • Deus escolheu a Igreja: Lc 12.32. 
  • Deus escolheu a tribo de Levi: 1 Sm 2.27,28. 
  • Deus escolheu Abraão: Gn 18.19. 
  • Deus escolheu Arão: Sl 105.26. 
  • Deus escolheu Davi: 1 Cr 28.4; 2 Cr 6.6. 
  • Deus escolheu Israel: 1 Rs 3.8. (desça a página e leia a interpretação do Hebraico Bíblico)
  • Deus escolheu Jacó: Sl 135.4. 
  • Deus escolheu Jesus: Is 42.1. 
  • Deus escolheu Moisés: Nm 16.4,5; 17.1-5; Sl 106.23. 
  • Deus escolheu os filhos de Jacó: 1 Cr 16.13. 
  • Deus escolheu Salomão: 1 Cr 28.5,6. 
De modo afetuoso, Paulo lembra a igreja que era bom que Deus não tivesse escolhido o intelecto e o prestígio do mundo (1Co 1.26).
O grande John Wesley foi, muitas vezes, ajudado em seu ministério por uma nobre senhora da alta sociedade inglesa, chamada Condessa Huntingdon. Essa mulher graciosa, que tanto doou do seu tempo, talento e riquezas a Cristo, testificava com frequência:
Eu só estou indo para o céu por causa da letra M.
Quão grata sou de que Paulo não tenha dito que nenhum nobre foi chamado, mas, sim, que não muitos foram chamados. Portanto, eu só estou indo para o céu por causa da letra M!

POR QUE DEUS ESCOLHEU ISRAEL?(*)

Eilat Eilat é uma cidade portuária
e turística do sul de Israel,
 nas margens do mar vermelho,
perto da Jordânia.
Tem fama por suas praias
 de águas tranquilas.
Por que Deus escolheu Abraão e seus descendentes? Na tradição judaica pós-bíblica , o jovem Abrão destrói os ídolos da oficina de seu pai, o que torna o jovem um candidato adequado para aceitar o chamado do único Deus de Israel. No entanto, as Escrituras de Israel não oferecem tal justificativa. Em vez disso, a Bíblia diz que não foi o valor inerente dos ancestrais que levou à sua eleição, mas sim o próprio amor de Deus por eles que justificou a escolha divina. A Torá descreve Deus tendo um tipo de amor magnético por Israel que impele o Senhor em direção ao povo escolhido.
Moisés diz sobre os israelitas: “Somente com seus antepassados ​​o Senhor foi compelido ( חשׁק ; hashaq ) a amá-los e a escolher a vocês, seus descendentes depois deles, dentre todos os povos, como é até hoje” (Dt 10:15 ) Outras traduções deste versículo apresentam a palavra hebraica para "compelido" ( חשׁק ) como Deus tendo "se deleitado" nos patriarcas (NKJV), "adorado" os ancestrais (CEB) ou "colocado seu coração" neles (ESV, NRSV ) No entanto, essas representações perdem a profundidade da conexão que חשׁק transmite entre Deus e o povo. A mesma raiz verbal ( חשׁק ; hashaq ) aparece durante a construção dos pilares do tabernáculo em Êxodoonde descreve a ligação de metais preciosos: “As bases das colunas eram de bronze e os ganchos das colunas e as suas ligações ( חשׁוקיהם ; hashuqehem ) eram de prata ... e as colunas do átrio eram faixas ( מחושׁקים ; mehushaqim ) com prata ”(Êxodo 38:17; cf. 27:17; 38:28). Essa imagem da metalurgia ressalta a durabilidade do relacionamento humano-divino : assim como metais resistentes são soldados, o amor infinitamente forte do Senhor compele - literalmente, “une” - o vínculo entre Deus e Israel. 
Deuteronômio observa que esse amor irresistível não tem nada a ver com o status do povo; antes, a atração divina para com Israel é uma ocorrência unilateral da graça de Deus. Moisés diz aos israelitas: “Não foi porque vocês eram mais numerosos do que todos os outros povos que o Senhor se compeliu ( חשׁק ; hashaq ) a vocês e os escolheu, pois vocês eram o menor de todos os povos; [antes] é porque o Senhor os ama e está cumprindo o juramento que fez aos seus antepassados ​​”(Dt 7: 7-8). Deus tem um amor apaixonado por Israel que desafia uma lógica clara. Os ancestrais de Israel não fizeram nada para merecer o favor divino e Abrão nada fez para ser escolhido. Este cenário não é diferente da maneira como podemos nos referir a “amor à primeira vista”, e é coerente com a definição de amor em 1 João 4:10: “Isto é amor: não que nós tenhamos amado a Deus, mas que ele nos amou . ”
(*Este texto é parte de um artigo publicado em Israel Bible Center pelo Dr.Nicholas J. Schaser - Editado aqui por Costumes Bíblicos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Fica na paz!
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
Filipenses 1:9-11

DESTAQUE NO SITE

JESUS sendo mal compreendido

JESUS É MAL COMPREENDIDO! Jesus é mal compreendido pelos teólogos liberais. [ Percebam as aberrações que se seguem!!! ] Rudolf Bult...