Costumes Bíblicos: AVIVAMENTO E SANTIDADE

CANAL DO SITE

AVIVAMENTO E SANTIDADE

AVIVAMENTO
Profeta: A falta dele corresponde à ausência de avivamento. É necessário um que receba a Palavra de Deus e que tenha coragem diante dos poderosos deste mundo e autoridade sobre o povo: 1Rs 18.22.
Altar: é uma palavra associada à toda a Escritura. Na situação relatada no texto de 1Rs 18, ele foi construído com 12 pedras, o que representa a união e a colaboração dos 12 apóstolos. Para que haja avivamento, o altar precisa ser reparado e não pode estar contaminado: 1Rs 18.31-33.
Cântaro: Elias enfrentou um grande desafio: conseguir cântaros de água em tempo de grave crise de seca. Estes 4 cântaros podem simbolizar a gratidão, a adoração, a fé e a esperança: 1Rs 18.34,35.
Mão: Precisamos da mão que vem de cima. Ela é a mão que criou o homem, que fez milagres no Egito e que foi pedida pelos apóstolos: 1Rs 18.44; At 4.31.
Conclusão: quando estas 4 chaves foram utilizadas, caiu abundante chuva sobre a terra.
Todo verdadeiro avivamento tem a marca da SANTIDADE: Is 11.9; Jl 2.1; 1Pe 1.16.
Biblicamente, santidade é uma separação, uma entrega total a Deus: Ap 22.11.
Santidade nunca foi nem será a escravidão a costumes e sistemas, ou a regras e preceitos, mas a oferta integral de um filho que decide lançar-se nos braços do Pai: Hb 3.2.
A falta de santidade que se nota hoje na Igreja de Cristo é resultado da falta de humilhação. Muitos se esquecem do que é dito em 2Cr 7.14. Volte ao princípio deste versículo: se o meu povo... se humilhar...
Como declarou James Burns, "avivamento significa humilhação, um reconhecimento de nossas falhas, um coração aberto para confessar, uma decisão de abandonar a vida de egoísmo e a negligência da cruz e, finalmente, a volta para uma vida de real renúncia, de permanente consagração".

Alguns efeitos do avivamento:

Ele nos deixa cheios de apetite pela Palavra: Sl 119; Hb 3.2.
Ele nos torna submissos ao senhorio de Cristo: Gl 2.20.
Ele nos cria uma solidariedade pelo evangelismo: At 1.8; 2Co 2.14,15.
Ele nos torna sensíveis à atuação do Espírito Santo: Sl 42.2; At 2.38.

Resultados do avivamento:

Nova obediência.
Novas iniciativas.
Nova direção.
Nova determinação.
Nova atmosfera espiritual.
Nova ousadia.
Referência bíblica: At 2

Avivamento produz sinais

A Palavra de Deus crescia: At 11.19.
O número dos discípulos se multiplicava: At 6.9,10.
Grande parte dos sacerdotes obedecia a fé: At 6.5.

CONSTRUINDO UM TEMPLO DOS HOMENS (*EXTRA-BÍBLICO)

Este é um trecho de um dos pergaminhos de Qumran, escrito por um membro da comunidade de judeus que optou por se isolar no deserto em frente ao Mar Morto. O texto pertence ao começo do primeiro século EC e fala da compreensão da comunidade sobre a verdadeira morada de Deus. O pergaminho fala de Deus construindo um “templo dos homens” (מקדש אדם) que não pode ser destruído ou contaminado por estrangeiros. Considere isso como paralelo à idéia do NT de o templo ser feito de seres humanos (1 Cor 3:16, Ef 2:21). A passagem maior é um Midrash em 2 Sam 7 e Sl 1, que fala a tenda caída de Davi e a promessa da semente, o próprio Messias.
1 [um] inimigo mais [o ferirá], 2 Sam 7:10 [nem] um filho da iniqüidade [o afligirá] novamente [como antes]. Desde o dia em que 2 [designei juízes] sobre o meu povo, Israel ». Isto (refere-se) à casa que [ele estabelecerá] para [ele] nos últimos dias, como está escrito no livro de 3 [Moisés: Êx 15: 17–18 «O templo de] YHWH suas mãos estarão [ a] abençoando. YHWH reinará para todo o sempre ». Isto (refere-se) à casa na qual nunca entrará4 [... para sempre] um amonita, um moabita, ou um bastardo, ou um estrangeiro, ou um prosélito, nunca, porque seus santos estão lá.
5 «Y [HW] H [reinará para sempre]». Ele aparecerá sobre isso para sempre; os estrangeiros não devem mais desperdiçá-lo como eles destruíram, no passado, 6 o templo de Israel por causa de seus pecados. E ele ordenou que construísse para si um templo do homem, para lhe oferecer 7 obras de ação de graças diante dele. E quanto ao que ele disse a Davi: 2 Sm 7:11 «Eu te darei [descanso] de todos os seus inimigos»: (refere-se a isso) que ele obterá para eles descanso de um [ll] (Tradução do 4T174 Martı́nez e Tigchelaar)
O texto em [] é uma reconstrução e está ausente no pergaminho original.
(*Texto Por Pinchas Shir publicado originalmente em Israel Bible Weekly - Editado por Costumes Bíblicos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar! Fica na paz!
E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;
Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.
Filipenses 1:9-11

DESTAQUE NO SITE

Jesus aparece aos discípulos na praia

JESUS APARECE AOS DISCÍPULOS NA PRAIA Certa tarde, Simão Pedro, que havia regressado para a sua casa em Cafarnaum, disse a seis de seus...