Translate this Page

Rating: 3.1/5 (5671 votos)





DIVISÃO 

 

Dicas de como ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

DIVISÃO

ORAÇÃO

SACERDOTAL DO SENHOR

JESUS CRISTO

 

 

 

0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI ↓

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS 
CURIOSIDADES

 DIVISÃO

 


Motivos para o Milênio

MOTIVOS PARA O MILÊNIO

QUAIS SÃO OS MOTIVOS PARA O MILÊNIO?

A- Recompensar os santos de Deus (Sl 58.11; Pv 11.18; Is 40.10; Mt 5.12; 16.27; 25.34; Cl 3.24; Ap 22.12).

B- Responder a oração modelo que é sempre feita.

Em Mateus 6.9-13 e Lucas 11.1-4, a pedido de Seus discípulos, nosso Senhor sugeriu uma oração padrão para ajudar todos os cristãos em suas orações. Um dos elementos era: Venha o Teu Reino. Nela, o Salvador estava convidando Seus seguidores a orar pelo milênio. Um dia, Ele retornará para cumprir as incontáveis vezes que essas quatro palavras subiram dos cristãos ao céu: Venha o Teu Reino.

C- Remir a criação.

Em Gênesis 3, Deus amaldiçoou a natureza por causa do pecado de Adão. A partir desse ponto, o paraíso do homem tornou-se um deserto. As rosas, subitamente, tinham espinhos e o dócil tigre tornou-se um carnívoro faminto. Mas, durante o milênio, tudo isso mudará. Paulo descreve-nos a transformação na Carta ao Romanos (Rm 8.19-22).

D- Cumprir três concertos importantes do Antigo Testamento.

  • O concerto abraâmico.

Deus prometeu a Abraão duas coisas básicas:

a. Que a sua semente (Israel) se tornaria uma nação poderosa (Gn 12.1-3; 13.16; 15.5; 17.7; 22.17,18).

b. Que a sua semente (Israel), um dia, tomaria posse da Palestina para sempre (Gn 12.7; 13.14,15,17; 15.7,18-21; 17.8).

  • O concerto davídico (2Cr 13.5; 2Sm 7.12-16; 23.5).

Aqui, a promessa foi tripla:

a. Que, de Davi, sairia um trono eterno.

b. Que, de Davi, sairia um Rei eterno.

c. Que, de Davi, sairia um reino eterno.

Em um sentido real, muitas das condições nesses dois primeiros concertos já aconteceram. Por exemplo, para cumprir o concerto abraâmico, Deus formou uma poderosa nação a partir de Abraão e,  hoje em dia, aproximadamente 25% dessa nação vive na Terra Prometida. Então, na plenitude do tempo, Deus enviou um bebê da semente de Davi para governar sobre a semente de Abraão na terra (veja Lc 1.30-33). Mas, um problema logo surgiu, pois, quando o Governante da parte de Davi apresentou-se, Ele foi rejeitado pela descendência de Abraão (Lc 23.18,21; Jo 19.15). Assim, fez-se necessário um terceiro concerto que trouxesse à conclusão as bênçãos dos dois primeiros. Esse Deus, maravilhosamente, realizará isso por meio da nova aliança

  •      O novo concerto (Is 42.6; Jr 31.31-34; Hb 8.7-12).

Essa promessa era tripla também.

  1. Que Ele perdoaria as iniquidades e esqueceria o pecado deles.
  2. Que Ele lhes daria um novo coração.
  3. Que Ele usaria Israel para alcançar e ensinar os gentios.

E- Provar um argumento:

Esse é o argumento: Independente de ambiente ou de hereditariedade, a humanidade inevitavelmente falhará sem a graça de Deus. Por exemplo:

  1. A era da inocência terminou com a desobediência deliberada (Gn 3).
  2. A era da consciência terminou com a corrupção universal (Gn 6).
  3. A era do governo humano terminou com a adoração ao diabo na torre de Babel (Gn 11).
  4. A era da promessa terminou com o povo de Deus fora da Terra Prometidda e escravizada no Egito (Êx 1).
  5. A era da lei terminou com as criaturas matando o seu Criador (Mt 27).
  6. A era da Igreja terminará com a apostasia mundial (1Tm 4).
  7. A era da tribulação terminará com a batalha do Armagedom (Ap 19).
  8. A era do Milênio terminará com uma tentativa de destruir o próprio Deus (Ap 20).

A era do Milênio foi designada por Deus para ser o último teste sobre a humanidade decadente nas condições mais ideais, cercadas de todas as facilidades para obedecer a lei do Rei, com as fontes externas de tentação removidas, para que o homem possa ser acusado e condenado como falha, mesmo nesse último teste da humanidade decadente. (Things to Come. Dunham Press, 1959.p.538).

F- Cumprir o jugo principal da profecia bíblica.

O apóstolo Pedro resumiu todas as profecias bíblicas sobre o Senhor Jesus Cristo em um pequeno versículo (1Pe 1.11).

Nele, Pedro liga a primeira vinda de Cristo (o sofrimento) com a segunda vinda (a glória). Isso é, em resumo, um panorama do propósito, do plano e do programa do Todo-Poderoso Deus Jeová. Esse belo esboço pode ser traçado por meio de toda a Palavra de Deus:

O sofrimento - um bebê envolto em panos (Lc 2.12).

A glória - um Rei vestido de majestade (Sl 93.1).

O sofrimento - Ele era o viajante cansado (Jo 4.6).

A glória - Ele será o Deus incansável (Is 40.28,29).

O sofrimento - Ele não tinha onde deitar a cabeça (Lc 9.58).

A glória - Ele se tornará herdeiro de todas as coisas (Hb 1.2).

O  sofrimento - Ele foi rejeitado pela pequena Israel (Jo 1.11).

A glória - Ele será aceito por todas as nações (Is 9.6).

O sofrimento - os ímpios pegaram pedras para jogar nele (Jo 8.59).

A glória - os ímpios clamarão para que pedras caiam sobre eles para escondê-los dele (Ap 6.16).

O sofrimento - um Salvador humilde, que conhece a tristeza (Is 53.3).

A glória - o Deus poderoso, ungido com o óleo da alegria (Hb 1.9).

O sofrimento - Ele foi vestido com um manto escarlate para ser zombado (Lc 23.11).

A glória - Ele será vestido com vestes salpicadas com o sangue dos Seus inimigos (Ap 19.13).

O sofrimento - Ele foi agredido com uma vara (Mt 27.30).

A glória - Ele governará as nações com um cajado de ferro (Ap 19.15).

O sofrimento - soldados perversos curvaram-se e zombaram dele (Mc 15.19).

A glória - todo joelho se dobrará e o reconhecerá (Fp 2.10).

O sofrimento - Ele usou uma coroa de espinhos (Jo 19.5).

A glória - Ele usará uma coroa de ouro (Ap 14.14).

O sofrimento - Suas mãos foram perfuradas por pregos (Jo 20.25).

A glória - Suas mãos levarão uma foice afiada (Ap 14.14).

O sofrimento - Seus pés foram perfurados por pregos (Sl 22.16).

A glória - Seus pés se firmarão no monte das Oliveiras (Zc 14.4).

O sofrimento - Ele não tinha parecer nem formosura (Is 53.2). [em Seu semblante de dor expressado na cruz].

A glória - Ele será o mais belo de dez mil (Sl 27.4).

O sofrimento - Ele entregou Seu espírito (Jo 19.30).

A glória - Ele está vivo para sempre (Ap 1.18).

O sofrimento - Ele foi colocado no túmulo (Mt 27.59,60).

A glória - Ele se assentará no trono (Hb 8.1).

Temos aqui, então, a história de sofrimento-glória do Salvador. Além disso, quando um pecador arrepende-se e torna-se parte do corpo de Cristo, ele também tem parte nesse destino (Rm 8.18; 2Co 1.7; 2Tm 2.12; 1Pe 4.12,13; 5.1). 

 

Leia mais sobre o Milênio aqui

posfácio

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

DIVISÃO

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

DIVISÃO

 

Aceite a Jesus! - Clique aqui!

DIVISÃO 
Dicio.com.br

 

 

Gospel+

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias