Translate this Page
Ultimas Atualizações
Curiosidades Gerais 1  (18-11-2017)
Os Nomes de Deus  (14-11-2017)
Curiosidades Gerais  (14-11-2017)
O Novo Testamento  (13-11-2017)

Rating: 3.0/5 (5841 votos)





  

 

ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

 

a oração do Senhor

 A ORAÇÃO SACERDOTAL DO SENHOR JESUS

 

 0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI 

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS ⇓
CURIOSIDADES

 

 


DONS ESPIRITUAIS - Método Teológico

Dons Espirituais-Método Teológico

 DONS ESPIRITUAIS

Método teológico

O que é um dom espiritual?

É uma habilidade sobrenatural dada por Cristo por meio do Espírito Santo ao crente no momento da salvação. Nesse ponto, certas distinções devem ser feitas.

A. A distinção entre o dom do Espirito e os dons do Espirito.

O dom aconteceu no Pentecostes, quando o Espírito Santo desceu em reposta à promessa de Cristo. Os dons acontecem hoje em dia.

B. A distinção entre dons e talentos.

Talento é uma habilidade humana e natural recebida no nascimento. Pode ser na área da música, oratória, organização etc. Mas, nenhum talento natural, por maior que seja, pode ser usado para glorificar a Deus até ser sancionado pelo Espirito Santo. Quando isso acontece, o talento pode tornar-se um dom.

Para ilustrar, pense em um indivíduo que é um músico brilhante e talentoso. Sua habilidade é aclamada por milhões. Mas o artista não é cristão. Seu talento pode não ser usado pelo Espírito Santo para a glória de Deus. Mas, vamos considerar que ele ouça o evangelho e aceite a Cristo como Salvador. Agora, o Espírito Santo pode escolher transformar o talento natural dele em um dom sobrenatural. Como não há um dom específico de música e similares, os novos esforços do músico por Cristo provavelmente se enquadrarão em exortação, que é um dom listado.

Portanto, resumindo os talentos humanos e dons espirituais:

  1. O talento natural é dado pelo Deus Pai (Tg 1.17) por meio dos pais da pessoa no momento do nascimento físico, a fim de beneficiar a humanidade no nível natural.
  2. O dom espiritual é dado pelo Deus Filho (Ef 4.8) por meio do Espírito Santo no momento do nascimento espiritual, a fim de beneficiar a humanidade no nível espiritual.

A distinção entre dons espirituais específicos que são dados para alguns e os comandos gerais dados para todos.

Dons concedidos para alguns.

  1. Serviço (Rm 12.7).
  2. Ensino (Rm 12.7).
  3. Exortação (Rm 12.8).
  4. Repartir (Rm 12.8).
  5. Ter misericórdia (Rm 12.8).
  6. Fé (Rm 12.9).
  7. Evangelismo (Ef 4.11).

Comandos dados a todos.

  1. Ensinar (Mt 28.19,20).
  2. Testemunhar (At 1.8).
  3. Andar pela fé (2Co 5.7).
  4. Dar com alegria (2Co 9.7).
  5. Servir ao próximo (Gl 5.13).
  6. Ser gentil (Ef 4.32).
  7. Exortar o próximo (Hb 10.25).

Qual é o propósito dos dons espirituais?

Tudo que Deus faz cumpre um propósito duplo:

Para que Ele receba toda a glória (Ef 3.21).

Para que Seus eleitos recebam todo o bem (Rm 8.28).

Portanto, dons espirituais são dados para cumprir esses objetivos.

Eles são dados para glorificar o Filho de Deus (Ap 4.11).

Eles são dados para edificar os santos de Deus (Ef 4.12,13).

Qual é o alcance dos dons espirituais?

Todo crente possui pelo menos um (e provavelmente mais de um) dom espiritual (1Co 7.7; 12.7,11).

Um exemplo disso seriam os vários dons espirituais concedidos ao apóstolo Paulo, que incluem:

  1. O de ser apóstolo (Rm 1.1).
  2. O de línguas (1Co 14.18).
  3. O de milagres (Rm 15.18,19; 2Co 12.12).
  4. O de cura (At 28.8).
  5. O de profecia (1Co 15.51-55; 1Ts 4.15-17; 1Tm 4.1; 2Tm 3.1; 4.3,4).

Nenhum crente possui todos os dons (1Co 12.29,30).

Novamente, usando o exemplo de Paulo:

  1. Ele, provavelmente, não possuía o dom interpretação de línguas.
  2. Ele, provavelmente, não possuía o dom de socorros.
  3. Ele, provavelmente, não possuía o dom de mostrar misericórdia.

Portanto, diante disso:

Alegar que alguém possui todos os dons é desafiar a decisão do Espírito.

Alegar  que alguém não possui nenhum dos dons é negar a decisão do Espírito.

Quantos dons espirituais existem?

A. O número de dons.

Em três passagens principais, o apóstolo Paulo lista 18 dons espirituais. Os capítulos são Rm 12; 1Co 12 e Efésios 4.

B. A natureza dos dons.

1 - Os dons de sinais

  1. Apostolado
  2. Profecia
  3. Milagres
  4. Cura
  5. Línguas
  6. Interpretação de línguas
  7. Conhecimento

2 - Os dons de realização.

  1. Sabedoria
  2. Discernimento de espírito
  3. Repartir
  4. Exortação
  5. Ministrar
  6. Mostrar misericórdia
  7. Governar, realizar
  8. Ensinar
  9. Evangelismo
  10. Pastor/Mestre

Alguns dons espirituais são mais importantes do que outros?

Nada pode ser menos verdade! Em 1 Coríntios 12.12-27, Paulo compara o Corpo de Cristo e seus muitos membros com dons espirituais ao corpo humano e seus membros físicos (1 Co 12.15,16).

Cada membro de ambos os corpos realizam uma função vital, escolhida pelo próprio Deus (1 Co 12.18,25).

Nenhum membro deve ser independente dos outros membros.

O pé e a orelha não devem ter inveja da mão e do olho (1 Co 12.15-17).

O olho e a cabeça não devem se vangloriar para a mão e os pés (1 Co 12.21).

Todos os dons espirituais estão disponíveis para nossa vida agora?

Como era de se esperar, há duas visões diferentes.

Alguns dizem que sim!

Com base em algumas das palavras finais de Jesus (Mc 16.17,18).

O argumento aqui é que todos os futuros crentes receberam a promessa desse dons, que também acompanharão o ministério deles.

Com base em Romanos 11.29.

Alguns dizem que não!

Com base em 1 Coríntios 13.10.

Esse versículo ensina que todos os dons espirituais permanecerão até a segunda vinda de Cristo. Robert Gromacki desfia essa interpretação:

Paulo alegou que os dons de profecia, de línguas e de ciência teriam fim quando vier o que é perfeito (1 Co 13.10). Eles identificam o perfeito com a segunda vinda de Cristo, o milênio ou o estado eterno. Eles alegam que os dons funcionarão até vermos a Cristo face a face (13.12). A Bíblia, entretanto, nunca compara o perfeito com a volta de Cristo. A expressão grega to teleion ("o perfeito") na verdade refere-se ao clímax de um processo, o movimento da imaturidade à maturidade, enquanto que a volta de Cristo em um evento instantâneo (15.51; 1 Ts 4.13-18). (The Holy Spirit. Moody Press. p. 218)

Com base em Hebreus 13.8.

À primeira vista, esse versículo parece provar que todos os dons espirituais estão ativos hoje!

Em outras palavras, se Jesus instruiu o Espírito Santo a conceder todos os dons aos crentes (Ele o fez; veja Ef 4.7,8) e que Ele nunca muda (Ele não muda), então, como se pode dizer que os dons não são para hoje?

Para responder, deve-se ser enfatizado que é preciso fazer uma distinção entre a pessoa de Deus e o programa de Deus. Isso quer dizer que, enquanto a Sua pessoa nunca muda (Hb 1.10-12; Tg 1.17), às vezes, Seu programa muda. Por exemplo, o programa de Deus convoca todos os crentes a entrarem na arca e, séculos mais tarde, a sacrificarem cordeiros no templo de Jerusalém. Mas, hoje, o programa de Deus não inclui essas coisas. O pequeno poema a seguir está errado:

Toda promessa na Bíblia é minha

Todo capítulo, todo versículo, toda linha.

Esse simplesmente não é o caso. Embora toda a Bília tenha sido de fato escrita por nós (1Co 10.11), nem toda a Bíblia foi escrita para nós. Dois exemplos podem ser citados:

  1. Nenhuma mulher estéril hoje em dia pode esperar legitimamente ter um filho com base na promessa a Sara em Gênesis 17.19,21.
  2. Nenhum homem, em fase terminal, pode esperar legitimamente que 15 anos sejam acrescentados à sua vida com base na promessa de Deus a Ezequias em 2Rs 20.5,6.

Considerando, entretanto, que tudo que foi dito acima seja verdade, isso ainda não explica porque alguns dos dons não são para hoje.

A resposta encontra-se na natureza milagrosa do dom em si. Imagine-se sendo um orador enviado por Deus há 20 séculos, antes da maior parte do Novo Testamento ter sido escrita. Você tem uma mensagem do Senhor. Mas, como seus ouvintes podem ter a certeza de que você não é mais um dos outros falsos profetas dentre os muitos da época? Uma dramática indicação da sua autenticidade seria a habilidade de realizar sinais milagrosos.

  1. Como o ministério de Jesus (Mt 10.1,7,8; 11.2-5; Jo 3.2; 20.30,31; Rm 15.18; 2Co 12.12; Hb 2.4).
  2. Os dons de sinais foram dados principalmente para validar a autoridade do Salvador e de Seus apóstolos antes da escrita do Novo Testamento. Depois disso, essa prova milagrosa não era mais necessária, pois as próprias Escrituras revelam o verdadeiro dentre o falso. Amém!

Com base nos preceitos, presença e orações divinos.

  1. Os preceitos divinos (2Tm 3.15,16). Não há dúvidas de que o apóstolo tinha as Escrituras do Novo Testamento e do Antigo Testamento em mente aqui. Em termos claros,ele resume o objetivo supremo da Palavra de Deus, afirmando que as Escrituras são completamente suficiente em: (1) Doutrina. A Bíblia pode ser usada como o livro perfeito para apresentar os ensinamentos sistemáticos de grandes verdades relacionadas ao próprio Deus. (2) Repreensão. A Bíblia deve ser usada para acusar-nos dos erros de nossa vida. (3) Correção. A Bíblia irá mostrar-nos, então, o caminho correto. (4) Instrução quanto à justiça. A Bíblia oferece todos os detalhes necessários que permitirão que o cristão esteja completamente equipado para toda boa obra.
  2. A presença divina (1Co 6.19).
  3. As orações divinas (Rm 8.24; Hb 7.25; 9.24).

Dessa forma, o segundo argumento diz que, se temos (1) as Escrituras de Deus diante de nós, (2) O Espírito de Deus dentro de nós e (3) o Filho de Deus intercedendo por nós, por que existiria a necessidade de dons de sinais?

Continue estudando:

A obra do Espírito Santo nos dons espirituais

 

 

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 

curso

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

A primeira Web TV Judaico-Messiânica do mundo. Estudos teológicos, documentários, debates e ministrações sobre Israel e o movimento de Restauração. ACESSE 

tv sião 

bandeira israel

 

dicionário

notícias

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

OREMOS PELA PAZ EM ISRAEL
Adonai