Costumes Bíblicos: EXISTE MAIS DE UM INFERNO?

Israel Institute of Biblical Studies

EXISTE MAIS DE UM INFERNO?


Existe mais de um inferno? Se for o caso, onde cada um deles se localiza?
Como já foi apontado anteriormente, em uma pergunta e resposta, de fato, parece que existe um inferno temporário (Hades) e um inferno final e permanente (Geena ou lago de fogo). Se esse for o caso realmente, podemos concluir que:
  • O inferno temporário (Hades) é o local, para onde todos os mortos, salvos e não salvos (a partir de Abel e Caim) descem depois que partem desta terra, esperando ficar diante do julgamento do Grande Trono Branco no final do milênio (Ap 20). (O seio de Abraão é a parte destinada aos salvos).
  • O inferno permanente (Geena) será localizado em algum lugar nas trevas exteriores deste vasto universo.
Portanto, a Bíblia ensina que o inferno do Hades está em algum lugar deste vasto universo (Nm 16.32,33; veja também Lc 16.19-31).
Ela ensina, entretanto, algumas coisas sobre Geena (Mt 8.12; 22.13; 25.30; 2Pe 2.17; Jd 1.13).
A partir desses cinco versículos, fica imediatamente claro que o inferno Geena está em um lugar  longe desta terra, em um lugar remoto próximo à beira do universo de Deus. Então, se alguém fizer uma distinção entre o inferno Hades e o inferno Geena, ele compreenderá as palavras de João descrevendo a ressurreição final dos perversos que morreram e o seu julgamento (Ap 20.14).
Com isso, João quis dizer que a morte (a qual reivindicava o corpo de todos, salvos e não salvos) e o inferno (Hades, que era dividido em duas partes: uma onde ficavam os não salvos - o Hades propriamente dito - e a outra onde ficavam os justos - o seio de Abraão) abandonavam as almas que estavam neles, resultando na junção do corpo e do espírito de todos os salvos (que iriam para o paraíso), e dos não salvos, que serão jogados no inferno Geena.
Todos os salvos do AT foram transportados para o paraíso por Jesus durante Sua morte. No fim de tudo, todos os não salvos serão jogados no inferno Geena, enquanto os salvos irão para o céu.
Sabemos que, de acordo com Jesus, o céu ainda está sendo preparado (Jo 14.1-3).
E quanto ao inferno? Há muitos fatos científicos e bíblicos que indicam que o inferno Geena existe agora (Mt 25.41).
O Dr. J. Dwight Pentecost compara o inferno à composição e à perenidade de uma estrela anã branca:
A palavra preparado significa, literalmente, ter sido preparado, sugerindo que o lago de fogo já existe e está esperando seus ocupantes. É a tese de C.T.Schwarze e, em seguida, da Universidade de Nova York, que o lugar chamado lago de fogo é conhecido pela ciência hoje. Ele escreve: "A palavra lago deve representar uma quantidade de matéria em forma líquida. Portanto, se as Escrituras são verdadeiras, esse fogo eterno deve estar em forma líquida.
"[...] A prova mais simples das partes das Escrituras que temos discutido está na existência do singular fenômeno dos céus chamado de estrelas anãs brancas![...]
"Em uma anã branca, a pressão é tão grande que os gases são comprimidos até a consistência de líquido, embora ainda responda às características de um gás.
"[...] até onde sabem os astrônomos e os físicos, as estrelas anãs são incapazes de esfriar [...] A anã branca, para todos os propósitos, é incapaz de apagar-se". (Things to Come.p.559,560)
Assim escreveu Dr. Schwarze. Pentecost alerta:
Embora não possamos dizer que Deus irá realmente usar esses lagos de fogo para cumprir Sua Palavra, a resposta ao cético está nos céus, onde ficam os lagos de fogo (Ibid.,p 561).
Talvez, uma localização ainda mais provável (e mais assustadora certamente) para o inferno Geena é conhecida, por astrônomos, como buraco negro. Dito da forma mais simples possível, o buraco negro é o resultado hipotético de um colapso gravitacional descontrolado de uma supernova. Em algum momento, um objeto em colapso, como uma estrela, alcançará um tamanho limite chamado de Raio Schwarzschild, que depende da massa do objeto. Para o sol, o Raio Scwarzschild é de três quilômetros aproximadamente. Se o objeto em contração continuar contraindo-se, ficando menor do que seu Raio Schwarzschild, ele torna-se um buraco negro. As forças gravitacionais exercidas por esse objeto são tão fortes que nenhuma matéria ou radiação é capaz de escapar delas. A luz emanada desse objeto fica presa e é removida do "universo observável".
O Dr.Kip Thorne, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, uma das autoridades mundiais em estrelas colapsadas, diz que buracos negros podem condenar o universo:
O buraco não pode dividir-se nem diminuir de tamanho; somente crescer [...]
Por fim, se o universo não entrar em colapso e morrer primeiro, os buracos negros irão devorar toda a matéria de nossa galáxia. Um dez mil avos do universo já possui buracos negros. Gostaríamos de varrer esse fato para baixo do tapete, mas, ocasionalmente, nós o revelamos, encaramo-lo e trememos (National Geographic. Maio de 1974.p.620).
De acordo com o Dr. Paul Ho,pesquisador do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, um buraco negro, um milhão de vezes mais massivo do que o nosso sol, foi descoberto no centro da Via Láctea, a 30 mil anos-luz da terra, na constelação de Sagitário. Isso saiu em vários jornais dos Estados Unidos em 1989.

Este artigo é continuação desse estudo:
                ⇓

DESTAQUE NO SITE

JESUS numa sociedade pluralista

Na Palestina do tempo de Jesus, a sociedade era diversificada, mais ou menos como a nossa. Em Cesaréia de Filipe, onde Pedro confe...

MAIS ACESSADOS