Translate this Page

Rating: 3.1/5 (5568 votos)



DIVISÃO 

 

Dicas de como ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

DIVISÃO

ORAÇÃO

SACERDOTAL DO SENHOR

JESUS CRISTO

 

 

 

0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI ↓

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

 DIVISÃO

 

POSSO ORAR POR VOCÊ?

Seu pedido de oração aqui 

 

Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança. Salmos 4:8
salmos
 

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS 
CURIOSIDADES


Problemas de natureza sexual na Igreja de Corinto

cidade antiga de Corinto

Problemas de natureza sexual na Igreja de Corinto

Alguns membros da igreja de Corinto eram judeus, criados sob regras claras contra incesto, adultério e práticas homossexuais. Agora, porém estava claro que os cristãos não precisavam guardar toda a lei judaica. Jesus trouxera liberdade e mudança na vida de seus seguidores. A questão era esta: quanta liberdade se podia ter em assuntos como sexo?

Em Corinto aparentemente havia "abstêmios", que acreditavam que os cristãos já haviam ressuscitado dos mortos para uma nova vida na qual estavam livres do sexo. Essas pessoas haviam optado por não mais dormir com o marido ou com a esposa. Alguns estavam se separando ou se divorciando (1Co 7.5-11). Também havia "libertinos", que pensavam que os cristãos tinham a liberdade de ter relações com prostitutas, para satisfazer uma necessidade física semelhante à fome (1Co 6.13-15). Paulo usa cinco grandes temas cristãos para indicar os limites da liberdade cristã.

•Criação - Deus criou a relação sexual para ajudar o homem e a mulher a formarem, no casamento, um vínculo que é como um organismo, "uma só carne" (1Co 6.16). É um relacionamento de igualdade. Cada um tem poder sobre o corpo do outro (1Co 7.4) no sentido de ter liberdade, não controle. Se concordarem em não ter relações por um período, isso deveria ser por um breve tempo.

•Redenção - Embora criada para o bem, a sexualidade tem o potencial de machucar e prejudicar. Pecados de natureza sexual, juntamente com coisas como a ganância e a embriaguez, faziam parte do passado de muitos dos cristãos de Corinto (1Co 6.9-11). (Paulo inclui as práticas homossexuais entre aquilo que é prejudicial.) Os cristãos foram salvos do pecado por alto preço. O Espírito Santo vive neles. Ter uma relação sexual na qual o corpo está dizendo: "eu amo você e me entrego a você", mas o coração não se compromete, não é apenas pecado contra a outra pessoa; é pecado contra o próprio corpo (1Co 6.18), porque isso prejudica a integridade do corpo e da mente. Desvaloriza aquilo que é precioso para Deus.

•Ressurreição - A ressurreição é outro sinal de que o corpo não pode ser separado do coração e da mente. O Jesus que ressuscitou tem um corpo e Deus ressuscitará o seu povo para a vida, após a morte, dando-lhes um novo tipo de corpo (1Co 6.14; 15.12-50).

•Comunidade - Enquanto isso, os cristãos pertencem a uma comunidade. Cada pessoa está ligada a Cristo e a outros cristãos como os membros de um corpo (1Co 6.15; 12.12-27). Se um membro se une sexualmente num relacionamento errado, isto afeta o bem-estar do corpo de Cristo num sentido mais amplo. Houve um péssimo exemplo disso na igreja de Corinto. Eles deviam ter lamentado o fato, não se orgulhado dele (1Co 5.1-6).

•O chamado e os dons de Deus - Assim, os cristãos não querem saber de sexo fora do casamento. Eles dão valor à sexualidade, mas isso não significa que todo o potencial de cada pessoa precisa ser realizado. As circunstâncias da pessoa, como, por exemplo, ser escravo (1Co 7.21), muitas vezes impõem limites dolorosos. Mas dentro desses limites cada cristão tem a liberdade de considerar a sua vida como um chamado a viver para a glória de Deus. O celibato também pode ser visto como um dom de Deus e vivido ao máximo dentro da comunidade cristã. Paulo não vê maior significado espiritual na abstinência de sexo, mas ele defende com veemência o celibato (1Co 7.32-35), sempre que o mesmo representa liberdade para servir ao Senhor.

 

 
 

 

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Mateus 11:28

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

DIVISÃO

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

DIVISÃO

 

Aceite a Jesus! - Clique aqui!

 DIVISÃO

DIVISÃO 
Dicio.com.br

 

DIVISÃO

Gospel+

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias