Translate this Page
Ultimas Atualizações
Romanos  (16-10-2017)
Início  (16-10-2017)
Evangelho de MATEUS  (15-10-2017)
Evangelho de LUCAS  (15-10-2017)
CURIOSIDADES BÍBLICAS I  (15-10-2017)
Evangelho de JOÃO  (14-10-2017)

Rating: 3.0/5 (5795 votos)





  

 

Dicas de como

ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

 

a oração do Senhor

 A ORAÇÃO SACERDOTAL DO SENHOR JESUS

 

 0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI 

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS ⇓
CURIOSIDADES

 

 


Os Nomes de Deus

Logo Design by FlamingText.com

Os Nomes de Deus

Três termos hebraicos são traduzidos por "Deus":

El, "A Divindade", Deus no poder e na singularidade da sua natureza divina.

Elohim, uma forma plural que, no entanto, não significa "deuses", mas Aquele que possui de modo completo todos os atributos divinos.

Adonai, O Nome sagrado do ETERNO,não se sabe as vogais dele. Então todas as vezes que os judeus viam nos textos esse Nome "Adonai", eles perceberam que se tratava do Nome de Deus, o Eterno. (Transliterado: Yhwh)

Também vai gostar de saber

Jesus

Yeshua/ישוע

 

Yeshua Hamashia - O nome Yeshua é derivado de uma raiz hebraica de quatro letras: Yod, Shin, Vav e Ayin, cujo significado é “salvar”, também originando “salvação”. Também é o nome hebraico Josué, citado diversas vezes na Bíblia, e que acabou se tornando o grego Iesous, que nos trouxe o nome atual, Jesus.

 

Ο Ιεσιούα (no grego)

Além destes, na tradução alemã, pelos cristãos dos anos 600 a 900, existe os nomes Yahweh, Yhovah, Jeová ou Javé.Na tradução alemã.

Por reverência e para evitar que esse nome fosse pronunciado, os judeus, em leitura pública, diziam Adonai, "Senhor", quando chegavam a esse nome, Senhor. As traduções em grande parte ainda seguem essa prática, traduzindo Yahweh por "Senhor" ou colocando "Senhor Deus" ou "Senhor, meu Deus" onde o hebraico traz apenas Adonai (O SENHOR, O Eterno). Na verdade essa palavra "Jeová" não existe no hebraico. Por que não existe? Porque são as letras Yud,H,Vav,H do nome do Senhor e as vogais de Adonai. O que aconteceu? Quando os massoretas dos anos 600 a 900 da nossa era cristã chegaram, eles introduziram as vogais do nome Adonai nas consoantes do Nome do Senhor, para lembrar aos judeus a não pronunciar o Nome do Senhor nas leituras e sim, Adonai. E isso é feito até o dia de hoje nas leituras da Torá e nos textos judaicos.

Ao declarar o seu nome ao povo, Deus queria revelar-lhes o seu caráter mais íntimo. Em termos linguísticos, o nome SENHOR se relaciona com o verbo "ser/existir". Este verbo não significa simplesmente "existir", mas "estar ativamente presente". Senhor é o Deus ativamente presente entre o seu povo. Mas Deus decidiu revelar isso numa ocasião em que eles precisavam ser redimidos, pois se encontravam na situação de escravos condenados. (Êx 3.15-16)

Em outras palavras, a noção de "presença ativa" nos diz que Deus está conosco, mas não nos diz que tipo de Deus Ele é. Ao escolher a tempo do êxodo para revelar o significado do seu nome, O Senhor se identificou como o Deus que salva o seu povo e derrota os seus adversários.

Na base de sua auto-revelação como O Senhor (Êx 3.5) está a santidade de Deus, que se manifesta em santo resgate e ira santa por ocasião da Páscoa (Êx 12).

Textos como Êx 34.6-7, Sl 103, Sl 111, Sl 146, Mq 7.18-20 mostram de forma bem clara a compreensão que, no tempo do AT, se tinha sobre o caráter que esse nome revela.

Revelação progressiva 

O nome Adonai (SENHOR) aparece na Bíblia desde o início (Gn 4.1). Sua ocorrência mostra que o nome era não só conhecido como usado (p. ex., Gn 4.26; 14.22). Como pôde, então, Deus dizer a Moisés (Êx 6.2-3) que "pelo meu nome, O Senhor, não lhes fui conhecido" (isto é, aos patriarcas)?

Os especialistas no estudo do AT responderam essa questão, dizendo que temos várias tradições da história primitiva do povo de Deus. Segundo uma tradição, o nome divino era conhecido desde o início; segundo outra, oposta à anterior, esse nome só foi revelado a Moisés.

Por mais influente que seja essa teoria, ela não é nem irrefutável nem necessária. No AT , "conhecer" vai além do simples acesso a informações; envolve desfrutar ativamente de comunhão com a pessoa  conhecida. Por exemplo, os filhos de Eli com certeza conheciam o nome como maneira de "identificar" Deus, mas "não se importavam (literalmente "não conheciam") o SENHOR" (1Sm 2.12; compare 1Sm 3.7; Êx 33.12-13). Assim sendo, Êx 6.2-3 nos diz aquilo que até aquele momento tinha apenas o significado de um "identificador", um epíteto para Deus ou uma forma de se dirigir a ele, havia assumido o significado de uma afirmação a respeito do caráter desse Deus que  tinha esse nome, a saber, que ele é o Santo Redentor e o Juiz Santo, aquele que sempre se faz presente entre o povo .

Esta interpretação de Êx 6.2-3 é confirmada pelo Gênesis. Se alguém tivesse perguntado a Abraão, "quem é Adonai?", ele com certeza teria respondido: "o Deus Todo-Poderoso", ou teria usado um dos outros títulos de Deus conhecidos dos patriarcas: "Deus Altíssimo", "Deus Eterno", "Deus, o Deus de Israel", etc.

Assim, quando, em Êx 3.6,13,15,16), se diz que o Senhor é "o Deus de vossos pais", essa riqueza de significado é adicionada à revelação do Redentor Santo.

Deus de toda a humanidade 

Mas Deus que se revela de modo especial a um povo, o Deus que é "meu Deus" para as pessoas que fazem parte da nação escolhida, o "Santo de Israel" não pode ficar restrito a esse povo. Ele é o "Criador" (Is 40.28), "Juiz" (Gn 18.25) e "Rei" (Jr 10.7) - o Deus de toda a humanidade (Nm 16.22; Jr 32.27).

 

"Agora eu ouvi os gemidos dos israelitas, que estão sendo escravizados pelos egípcios, e lembrei da aliança que fiz com eles. Portanto, diga aos israelitas o seguinte:

EU sou o SENHOR. Vou livrá-los da escravidão do Egito... Farei com que vocês sejam o meu povo e eu serei o seu Deus".

Palavra de Deus a Moisés, Êx 6.5-7 

Cenário natureza

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 

curso

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

A primeira Web TV Judaico-Messiânica do mundo. Estudos teológicos, documentários, debates e ministrações sobre Israel e o movimento de Restauração. ACESSE 

tv sião 

bandeira israel

 


 

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

OREMOS PELA PAZ EM ISRAEL
Adonai