Translate this Page
Ultimas Atualizações
Contactos  (19-10-2017)
Romanos  (16-10-2017)
Início  (16-10-2017)
Evangelho de MATEUS  (15-10-2017)
Evangelho de LUCAS  (15-10-2017)
CURIOSIDADES BÍBLICAS I  (15-10-2017)

Rating: 3.0/5 (5801 votos)





  

 

Dicas de como

ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

 

a oração do Senhor

 A ORAÇÃO SACERDOTAL DO SENHOR JESUS

 

 0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI 

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS ⇓
CURIOSIDADES

 

 


Emblemas ou símbolos do Espírito Santo

Quais são os emblemas ou símbolos do Espírito Santo e o que podemos aprender sobre a Sua pessoa a partir desses emblemas e símbolos?

Existem, pelo menos, nove desses emblemas e símbolos. Eles estão listados em ordem alfabética.

A. O vestuário, indicando vestes apropriadas (Lc 24.49).

Aqui, a palavra revestidos vem da palavra grega enduo, que se refere às roupas que alguém vestiria. Ela é usada para descrever:

  1. As roupas usadas por João Batista (Mc 1.6).
  2. O manto cor púrpura que os soldados romanos colocaram em Jesus (Mc 15.17).
  3. As vestes sacerdotais que o Salvador hoje veste no céu (Ap 1.13).
  4. O linho branco e puro que os santos vestirão (Ap 19.14).

Em vista disso, podemos concluir que as roupas mencionadas aqui, em Lucas 24.49, são uma referência à vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes. (Veja At 2.1-3)

Em conclusão, a armadura de Deus descrita por Paulo em Efésios 6 pode ser vista como a vestimenta do Espírito Santo! (Ef 6.14-17).

B. Uma pomba (Mt 3.16).

O símbolo da pomba sugere aspectos do ministério do Espírito Santo que estão baseados nas funções da pomba nas Escrituras.

  1. A pureza e a inocência (Mt 10.16).
  2. A confiabilidade (Gn 8.8-10).
  3. A segurança e o descanso em meio à tempestade (Sl 55.6; Is 59.19).
  4. A sensibilidade ao pecado.
    1. O fato de que o Espírito Santo é, muitas vezes, descrito como estando ofendido por causa das transgressões dos pecadores (Gn 6.3,6,7; Sl 78.40,41; Ef 4.30).
    2. O fato de que, às vezes, os pecadores são descritos lamentando as suas transgressões como pombas (Ez 7.16).

C. Um penhor (ou garantia) (2Co 1.22; 5.5; Ef 1.13-14).

Um penhor é uma entrada paga por alguma coisa, pela qual parte do preço total da compra é pago antecipadamente, trazendo consigo a garantia de que, em uma data futura, a quantia total será paga. O penhor mencionado nos versículos acima pode ser o sangue de Cristo ou talvez a presença do próprio Espírito Santo.

Um homem que adquire um objeto por meio do pagamento de um penhor eventualmente pode reagir de uma das seguintes maneiras:

  1. Ele pode decidir que não quer mais o objeto. O Espírito Santo, porém, não fará isso (Lc 22.15; 1Tm 2.4; 2Pe 3.9)!
  2. Ele pode concluir que não tem dinheiro para efetuar a compra. O Espírito Santo, porém, não precisa fazer isso (1Pe 1.18).
  3. Ele pode, acidentalmente, esquecer-se do assunto. O Espírito Santo, porém, não pode fazer isso (Sl 78.39; 103.14; Is 49.15; Jr 31.34; Hb 6.10).
  4. Ele pode cumprir sua palavra e comprar o objeto. O Espírito Santo faz isso (Jr 33.14; Fp 1.16).

D. O fogo (Mt 3.11; At 2.1-4).

Esse símbolo sugere diversos ministérios do Espírito Santo:

  1. O juízo (Sl 11.6; 21.8,9; 2Ts 1.8). O Antigo Testamento contém quatro exemplos principais desse ministério de juízo:
    1. A cidade de Sodoma (Gn 19.24).
    2. Os 250 agitadores (Nm 16.35).
    3. Nadabe e Abiú (Lv 10.2).
    4. Os 100 soldados inimigos (2Rs 1.10,12).
  2. A purificação.
    1. De Israel (Ml 3.2,3).
    2. Da própria criação (Hb 12.26,29; 2Pe 3.10-12).
  3. A direção (Nm 9.16; Ne 9.12,19).
  4. A aceitação ou aprovação. O fogo da aprovação de Deus caiu sobre os sacrifícios oferecidos pelos seguintes homens e os consumiu:
    1. Arão (Lv 9.24).
    2. Gideão (Jz 6.20,21).
    3. Davi (1Cr 21.26).
    4. Salomão (2Cr 7.1,3).
    5. Elias (1Rs 18.38).
  5. A purificação (Is 6.5-7).
  6. O revestimento especial de poder (At 2.3).
  7. A proteção.
    1. A proteção de Israel (Êx 13.21,22).
    2. A proteção de Eliseu (2Rs 6.17)
  8. O teste ou avaliação (1Co 3.11-13).
  9. A presença gloriosa de Deus.
    1. Conforme experimentada por Moisés na sarça ardente (Êx 3.2).
    2. Conforme experimentada por Israel no monte Sinai (Êx 19.18; Dt 4.33,36; 5.4,24).

E. O azeite.

Nas Escrituras, o azeite era usado para atingir quatro objetivos:

  1. Ungir para o serviço. No Antigo Testamento, os indivíduos chamados para assumir um dos três ofícios principais eram ungidos com azeite.
    1. O ofício do profeta (1Rs 19.16). Na medida em que representamos Deus perante os homens.
    2. O ofício do sacerdote (Lv 8.12). Na medida em que representamos o homem perante Deus.
    3. O ofício do rei (2Sm 5.3). Na medida em que nos preparamos para reinar com Deus. Em um sentido bem real, o Espírito Santo deseja ungir-nos na medida em que servimos nesses papéis.
  2. Iluminar.
    1. As habitações de Deus no Antigo Testamento (o tabernáculo e o templo) (Veja Lv 8.30).
    2. Os corpos de Deus no Novo Testamento. (1) O corpo do Salvador (At 10.38; Hb 1.9). (2) Os corpos dos santos (1Co3.16; 1Jo 2.20).
  3. Purificar (Lv 14.17).
  4. Curar (Sl 23.5; Mc 6.13; Lc 10.34; Tg 5.14).

F. Um selo (2Co 1.22; Ef 1.13; 4.30).

Conforme podemos ver nesses versículos, um selo significa:

  1. Posse.
  2. Segurança.
  3. Autoridade.

Na Bíblia, os selos foram usados em três ocasiões importantes:

  1. Quando o rei persa Dario prendeu Daniel na cova dos leões (Dn 6.16,17).
  2. Quando o rei persa Xerxes (aconselhado pelo perverso Hamã) tramou o extermínio dos judeus (Et 3.8-12).
  3. Quando Pilatos selou o sepulcro de Jesus (Mt 27.66).

G. U servo.

Existem mais figuras do Messias prometido a Israel em Gênesis 24 do que em qualquer outro capítulo do Antigo Testamento. Nesse relato, Abraão envia seu servo fiel a uma terra estrangeira, com o propósito de encontrar uma noiva para Isaque . A jovem escolhida foi Rebeca. Portanto:

  1. Abraão torna-se um tipo de Pai celestial.
  2. Isaque torna-se um tipo de Jesus.
  3. Rebeca torna-se um tipo de Igreja.
  4. O servo torna-se um tipo de Espírito Santo.
  5. O Espírito Santo foi enviado pelo Pai para cumprir uma missão especial, assim como o servo foi enviado por Abraão (Jo 14.16,26; 15.26).
  6. A missão do Espírito Santo era preparar uma Noiva para Jesus, o Filho de Deus, assim como o servo fez por Isaque, o filho de Abraão.
  7. O Espírito Santo honra o Noivo celestial, assim como, um dia, o servo honrou o noivo terreno (Jo 16.13).
  8. O Espírito Santo dá dons à Noiva de Cristo, assim como o servo um dia, deu presentes à noiva de Isaque (1 Co 12.11).

H. A água.

  1. A primeira referência ao Espírito Santo na Bíblia está associada à água física (Gn 1.2).
  2. A última referência ao Espírito Santo na Bíblia está associada à água espiritual (Ap 22.17)
  3. Jesus frequentemente associava o Espírito Santo à água (Jo 3.5; 7.37-39).

Portanto a obra do Espírito Santo pode ser (parcialmente) resumida por meio de um estudo da função da água.

  1. A água traz vida (Is 32.2; Ez 47.1-12; Zc 14.8).
  2. A água traz crescimento (Sl 1.3; Jr 17.8).
  3. A água traz cura (Is 35.5-7).
  4. A água purifica (Ez 36.25).
  5. A água traz satisfação.

I. O vento (Jo 3.8; At 2.1,2).

Esses versículos descrevem quatro aspectos do vento, todos os quais podem ser aplicados à obra do Espírito Santo.

  1. O vento é invisível.
  2. O vento é soberano.
  3. O vento é poderoso.
  4. O vento é imparcial.

 

 

 

 

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 

curso

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

A primeira Web TV Judaico-Messiânica do mundo. Estudos teológicos, documentários, debates e ministrações sobre Israel e o movimento de Restauração. ACESSE 

tv sião 

bandeira israel

 


Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

OREMOS PELA PAZ EM ISRAEL
Adonai