Translate this Page

Rating: 3.1/5 (5683 votos)





DIVISÃO 

 

Dicas de como ler a Bíblia.

Biblia 

 

   Diário Espiritual

Saiba como fazer

AQUI

⇓ 

Biblia

DIVISÃO

ORAÇÃO

SACERDOTAL DO SENHOR

JESUS CRISTO

 

 

 

0 RECENSEAMENTO

CLICK AQUI ↓

recenseamento

 

A PESSOA DE JESUS CRISTO
Cristo
 

 

 Eu não acredito em Predestinação... O que você tem a dizer sobre isso? Pode me mostrar biblicamente se isso é verdade?

TIRE SUAS DÚVIDAS

AQUI 

Predestinação

    

ANJOS
Anjos

  

O FRUTO DO ESPÍRITO

  

A DIÁSPORA JUDAICA
Judeus

 

Problemas de natureza sexual na igreja de Corinto. Click aqui ↓

Corinto

 

 

 

 

 

 

 

  

O PRIMEIRO DIA DA PÁSCOA

Reunindo a evidência dos quatro  Evangelhos, podemos sugerir a seguinte sequência de acontecimentos:

Veja JESUS - A RESSURREIÇÃO 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

A PÁSCOA E A ÚLTIMA CEIA
Páscoa

 

A BÍBLIA DO PONTO DE VISTA FEMININO

Gênesis começa com o fato de que homens e mulheres foram criados iguais à vista de Deus e na presença um do outro. A criação de ambos é considerada muito boa (Gn 1.31).

LEIA MAIS

A Bíblia

 

Histórias da Criação

Histórias da Criação

MAIS CURIOSIDADES BÍBLICAS GERAIS 
CURIOSIDADES

 DIVISÃO

 


A BELEZA DOS SALMOS - PARTE I

beleza dos Salmos 

A beleza dos salmos

Aproximadamente 70 Salmos receberam a classificação "devocional", porque contêm (entre outras coisas) promessas nas quais todos os crentes podem confiar. Esses Salmos incluem desde gemidos de tristeza à cânticos alegres. Às vezes, os autores franzem o rosto, duvidam e clamam. Eles revisam o passado e predizem o futuro. Neles, a alma nua do homem é manifestada como talvez em nenhum outro escrito. A seguir, estão seleções dignas de nota nesses Salmos devocionais.

A. Salmos 4.3,8: a paz é um dos benefícios da vida cristã. Aqui, a oração de Davi lhe traz tranquilidade e descanso (nota : Sl 29.11; 119.165).

B. Salmos 9.17: apresenta o que eventualmente se tornará uma realidade horrível (veja Sl 11.6; Mt 25.31-46; Ap 14.10; 19.20; 20.11-15; 21.8).

C. Salmos 13.1,2: um equívoco muito comum em relação à Bíblia é acreditar que seus heróis eram homens superiores aos outros de algum modo; que nunca teriam sofrido uma derrota, nunca teriam se sentido desencorajados e sempre teriam sido bem-sucedidos, santos e sumamente felizes. Nada poderia estar mais longe da verdade. O fato é que cada um desses homens era sujeito às mesmas paixões que nós (Tg 5.17). Todos eles tiveram de suportar o amargo peso da derrota em muitas ocasiões. Foram, muitas vezes, tomados de desespero, assim como os filhos e filhas de Adão sofrem hoje. E tal abatimento é frequentemente evidenciado nas orações deles. O Salmo 13, por exemplo, apresenta as súplicas de uma alma sofredora.

D. Salmos 14.1; Davi aqui descreve o tolo ateu. Em termos bíblicos, tolo é uma pessoa atormenta em seu coração, não em sua mente.

E. Salmos 17.8: Davi aqui usa dois termos suaves que descrevem a afeição de Deus pelo crente:

  1. Menina do olho (veja também Dt 32.10; Zc 2.8).
  2. Sombra das Tuas asas (veja também Dt 32.11,12; Sl 36.7; 57.1; 91.1,4; Mt 23.37).

F. Salmo 18.16,19,28,35: no versículo 16, Davi fala sobre ser retirado de muitas águas, águas que são empregadas frequentemente no livro de Salmos como símbolo de angústia e tribulação (veja Sl 69.1,2; 144.7; Is 43.2). Em um sentido muito real a filha de Faraó, ao retirar o bebê das águas do Nilo, apelidou inconscientemente todos os filhos de Deus quando chamou o seu nome Moisés [...] e das águas o tenho tirado (Êx 2.10). Davi aqui declara que o Senhor o retirou de muitas águas. Anos mais tarde, o apóstolo João escreveria: O cordeiro [...] lhes servirá de guia para as fontes das águas da vida [...] (Ap. 7.17).

G. Salmo 23: essa é certamente a oração mais famosa de todos os tempos, com a possível exceção da chamada oração do Senhor em Mateus 6.9-13.

Davi afirma que o Senhor é seu Pastor. Consequentemente, continua o salmista: Nada me faltará; ou seja:

  1. Quando a alma do salmista necessitar de alívio espiritual, o Pastor providenciará verdes pastos.
  2. Quando a alma dele estiver fatigada, o Pastor providenciará águas calmas.
  3. Quando a alma dele necessitar de reavivamento, o Pastor irá restaurá-la.
  4. Quando a alma dele precisar de orientação, o Pastor o conduzirá aos caminhos certos.
  5. Quando a alma dele estiver diante da morte, o Pastor estará junto a ele.
  6. Quando a alma dele for confrontada com inimigos, o Pastor fornecerá Sua mesa da vitória.
  7. Quando a alma dele ferir-se, o Pastor ungirá sua fronte com óleo.
  8. Quando a alma dele precisar de companhia, o Pastor reservará bondade e misericórdia para acompanhá-lo
  9. Quando Davi deixar sua moradia temporária na terra, o Pastor lhe providenciará uma moradia eterna nos céus. Assim, o testemunho de Davi foi: Nada me faltará. Contraste essa afirmação com a mensagem a Belsazar (Dn 5.26,27).

H. Salmo 34.6-9: nosso gracioso Pai celestial frequentemente usa seus mensageiros angelicais para ajudar, proteger e encorajar Seus filhos na terra (veja 2 Rs 6.17; At 12.7; Hb 11.14).

I. Salmo 35.11-13: esse tipo de oração é realmente difícil -- interceder pela pessoa que está em necessidade, mas que talvez não deseje nem mesmo que se ore por ela e que possivelmente até se alegre, caso a mesma tribulação a atinja. Mas o crente é comandado para fazer tal oração malgrado todas essas condições.

J. Salmo 37.1-5,7,12,13,18,23-25,28: esse salmo de oração poderia ser chamado de "escalada para o sublime" ou "da frustração (Sl 37.1) à exaltação (Sl 37.34)". Há cinco degraus nessa escada de ascensão, e eles são descritos nos versículos, constituindo o primeiro degrau de cada uma das séries de ascensão:

Não se aflija - Eu tenho um problema (Sl 37.1,2).

Confie - Eu acredito que Deus pode resolver o meu problema (Sl 37.3).

Deleite-se - Eu acredito que Ele resolverá o meu problema (Sl 37.4).

Comprometa-se - Eu levo o meu problema até Ele (Sl 37.5).

Descanse - Eu entrego o meu problema para Deus (Sl 37.7).

Frequentemente, no livro de Salmos, aquele que ora pede ao Senhor uma impressão da brevidade dessa vida na terra, para que ele possa comprometer cada dia precioso de sua vida ao Seu Criador. Temos uma referência a essa demanda aqui (Sl 37.18) e em outras orações (Sl 31.15; 39.4; 90.12; 119.84).

Nesse Salmo, os versos 23, 24, 25 e 28 descrevem o plano de Seguridade Social de Deus, junto com todos os Seus benefícios adicionais, destinado aos Seus obreiros.

K. Salmo 40.1-3,5.

  1. Os versículos 1-3 ilustram as diferenças entre o cristianismo e todas as outras religiões. Considere esta história: eis um homem que caiu dentro de um poço escuro e sujo, quebrando suas pernas e braços ao atingir o chão. Logo, seu choro doloroso e desamparado por alívio começam a sair do poço. Nessa ilustração, Confúcio se aproxima, olha para baixo e diz: "Amigo, deixe-me dar-lhe esse sábio conselho: se você conseguir sair daí, tenha cuidado com o lugar por onde anda, para que não volte a cair em um lugar como esse". Depois disso, o filósofo chinês segue seu caminho. Pouco depois, Buda passa por ali, observa o homem abandonado e diz: "Amigo, você precisa de ajuda. Se puder subir até a metade do caminho, eu o ajudarei a escapar. Escale só um pouquinho e estique suas mãos em minha direção". Mas o homem alquebrado e ensanguentado não consegue mover-se. Infelizmente, Buda vai embora. O homem desesperado comprime-se em sua prisão de dor, com sua esperança quase exaurida. Mas consegue bradar um último clamor por salvação. Então, o Salvador de todos os homens olha para baixo com compaixão e amor. Sem dizer palavra de conselho ou admoestação, Ele desce pela borda do poço, coloca o viajante gentilmente sobre Seus ombros fortes e escala as paredes com ele, saindo finalmente do abismo. Em seguida, o Redentor sara os ossos quebrados, coloca os pés daquele homem na direção dos céus e preenche o coração dele com uma canção. Isso é a salvação.
  2. No versículo 5 dessa oração, Davi menciona as obras maravilhosas que Deus lhe fez, bem como os incontáveis pensamentos que o Altíssimo lhe dedicou. Outras passagens põem em foco essa preciosa verdade (veja Sl 92.5; 139.17,18; Jr 29.11).

L. Salmo 42.5,11; 43.5: esses três versículos são aqui mencionados em função da considerável repetição deles. Muitas vezes, o mundo observa zombateiramente  ser correto um homem conversar consigo mesmo, mas, se ele responde para si mesmo, ora, isso é mau. Contudo, tal pensamento não está de acordo com os filhos de Corá. O salmista tanto pergunta como responde suas próprias interrogações. Essa autossegurança da alma é uma prática benéfica. Às vezes, é útil repreender-se e consolar-se, tal como se faria com outra pessoa.

 MAIS EDIÇÃO EM BREVE!

leia a bíblia

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

DIVISÃO

 

Visit COSTUMES BÍBLICOS's profile on Pinterest.

 

DIVISÃO

 

Aceite a Jesus! - Clique aqui!

DIVISÃO 
Dicio.com.br

 

 

Gospel+

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias